PARÁ: Comitê da ONU faz reunião em Belém

Belém sedia a Assembleia Geral de um comitê da Organização das Nações Unidas, a Onu.

SalvarSalvar imagem

Tempo de áudio - 2min42seg

LOC/REPÓRTER: Belém sedia a Assembleia Geral de um comitê da Organização das Nações Unidas, a Onu. A reunião tem o objetivo específico de discutir as políticas de planejamento das Nações Unidas para a violência urbana na América Latina. Representantes de 19 países membros participaram do encontro, que reuniu especialistas e autoridades, como a presidente do Tribunal de Justiça do Pará, desembargadora Luzia Nadja Nascimento. O ministro da Suprema Corte de Justiça da Argentina, Eugênio Zaffaroni, foi um dos palestrantes da assembleia. Um dos assuntos abordados foi poder punitivo na sociedade.

LOC/REPÓRTER: O Ministro da suprema Corte de Justiça da Argentina e professor Eugênio Zaffaroni

TEC/ SONORAProfessor Eugênio Zaffaroni

"O que acontece e que se nos continuarmos a termos uma sociedade com grandes diferenças e diversificadas, uma sociedade não procura uma inclusão dos excluídos que temos nas nossas sociedades com controle da exclusão social vira, um controle punitivo, é o controle vai sendo mais intenso e vai perdendo o controle e o poder punitivo vira criminoso e no final acaba em massacre". "Quando o poder punitivo confundisse com crime lei vira ilegítima e perde aquele mínimo ético que a autoridade tem de ter, p exigir obediência e respeito ".

LOC/REPÓRTER: A impunidade também foi abordada pelo ministro da Suprema Corte da Argentina, professor Eugênio Zaffaroni. O tema é recorrente na sociedade brasileira, latina-americana e mundial em função dos índices de criminalidade.

TEC/SONORA: Professor Eugênio Zaffaroni.

"O discurso da impunidade é um discurso mundial, normalmente é um discurso de direita, é um discurso que exige mais poder punitivo, todo poder punitivo no mundo é seletivo, sempre cabe a esse poder aquele é mais vulnerável, e como aquele sujeito que menos diferenças perante uma epidemia, então isso é uma realidade em todo lugar, aqui na china é a mesma coisa, isso é mundial".

LOC/REPÓRTER: O Estado do Pará está no centro das discussões do comitê da ONU, ressaltou o Governador do Estado Simão Jatene.  

TEC/SONORA: Governador Simão Jatene.

"O Pará sediar é claro na verdade isso é uma reunião internacional, por isso fiz questão de dizer, mostra que cada vez mais você ter novos olhares sobre a Amazônia e sobre o nosso estado." 

LOC/REPÓRTER:  A Assembleia Geral do Comitê Permanente da América Latina para Prevenção do Crime e Justiça Criminal se encerrou nesta terça-feira, dia 4, com relatório do Coplad , documento que será exposto no décimo terceiro Congresso das Nações Unidas sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal, agendado para abril de 2015, em Doha, no Qatar. 

Reportagem, Macela Coelho.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.