ITAPEBI (BA): Levantamento mostra que município entrou em estado de alerta contra mosquito

Salvar imagem

LOC: Um levantamento feito pelo Ministério da Saúde este ano, mostra que Itapebi está em estado de alerta para infestação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. O levantamento é feito à partir de informações da própria prefeitura e mostra que a situação piorou de 2015 para cá, pois no ano passado, o município estava em situação satisfatória de risco. Segundo a diretora estadual de Vigilância em Saúde, Maria Aparecida, o sul da Bahia e o centro-leste do estado enfrentaram um período complicado na luta contra o mosquito.

TEC/SONORA: Maria Aparecida, diretora estadual de Vigilância em Saúde

“Em termos de região, estamos com a região Sul bastante afetada. Nós temos um boletim emitido quinzenalmente e nele você vê uma mancha na região sul do estado e também na região centro-leste, que é onde estão registrados a maioria dos casos.”


LOC: Para a diretora estadual de vigilância em saúde, o momento é de trabalho conjunto entre o poder municipal e a população, para que Itapebi volte para uma situação menos preocupante em relação ao mosquito.

TEC/SONORA: Maria Aparecida, diretora estadual de Vigilância em Saúde

“É muito importante e necessário que cada um cuide da sua casa. Então, inspecionar onde tem vasos de plantas, colocar areia. Onde tem lixo – e o caminhão que recolhe o lixo não passa todo dia –, que o morador acondicione o lixo para que não caia água nele e coloque na rua
só na hora em que o caminhão passar.”

LOC: Quer saber mais dicas para evitar que o mosquito se prolifere e, assim, ajudar Itapebi a voltar para o nível satisfatório de infestação? Acesse saude.gov.br/combateaedes e faça a sua parte nessa luta contra o mosquito que transmite a Dengue, Zika e Chikungunya. Ministério da Saúde, Governo Federal.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.