ELEITOR: Mais de 60 mil títulos podem ser cancelados no Pará

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará divulgou que mais de 60 mil títulos eleitorais podem ser cancelados.

Salvar imagem

Tempo de áudio –
 
LOC/REPÓRTER: O Tribunal Regional Eleitoral do Pará divulgou que mais de 60 mil títulos eleitorais podem ser cancelados. Os eleitores foram identificados como ausentes nas três últimas eleições, sendo mais de onze mil apenas em Belém. Os eleitores que não votaram e não justificaram as faltas nas três últimas eleições podem ter o título cancelado. A Justiça Eleitoral considera como eleição cada turno realizado, o que inclui as eleições suplementares realizadas mediante determinação judicial. A professora Rosa Maria procurou a Justiça Eleitoral e regularizou a situação de seu Título de eleitor.
 
TEC/SONORA: Professora Rosa Maria.
 
“Em vim regularizar porque por conta de tirar o passaporte, porque têm três eleições que eu deixei de votar, eu poderia ter o título cancelado.”
 
LOC/REPÓRTER: Para este ano, uma Resolução do Tribunal Superior Eleitoral determinou que o prazo para a justificativa eleitoral fosse entre o dia 2 de março até o dia 4 de maio. Após essa data, o eleitor que não compareceu para regularizar sua situação terá seu título eleitoral cancelado. Sem o documento, o cidadão fica impedido de obter a quitação eleitoral e, por consequência, vai perder o direito a 1ª via do passaporte ou renovação, CPF e empréstimos em bancos, dentre outras penalidades legais. Outras informações sobre a regularização do título eleitoral no site do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, www.tre-pa.jus.br.
 

Com informações com Tribunal Regional Eleitoral, reportagem, Storni Jr. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.