CAMPO: Safra 2016/2017 vai receber 101 bilhões do BB

Aplicação é 10% maior que a da safra anterior

SalvarSalvar imagem

REPÓRTER: As safras de 2016 e 2017 vão receber um investimento do Banco do Brasil de 101 bilhões de reais. Do montante, 91 bilhões vão ser direcionados na forma de crédito rural para produtores e cooperativas. Outros 10 bilhões vão para empresas do ramo de agronegócio. Com a aplicação, será gasto 10 porcento a mais do que em relação a safra anterior. Dos 91 bilhões destinados aos produtores e cooperativas, mais de 71 bilhões de reais estão ligados a comercialização e operações de custeio. Quase 20 bilhões estão reservados exclusivamente para os créditos de investimentos do setor. O Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural, o Pronamp, vai receber um aumento de sete porcento com relação a última safra. Ao todo, o Pronamp vai receber 15,3 bilhões nesta nova safra. Para os pequenos produtores, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, Pronaf, deve receber do Banco do Brasil mais de 14 bilhões e meio de reais. Oito porcento a mais do que a safra anterior. Já o Pronaf mais Alimentos ficaram com quase seis bilhões e meio para financiamentos. O Programa Agricultura de Baixo Carbono terá um investimento de 2,2 bilhões em financiamento. O banco do Brasil estima que um bilhão de reais vão ser destinados ao Programa de Construção e Ampliação de Armazéns. Quase cinco bilhões de reais vão ser repassados aos programas de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária e Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras. Os dois programas visam a modernização e a incorporação de inovações tecnológicas na próxima safra.

 

Reportagem, Raphael Costa

Receba nossos conteúdos em primeira mão.