BRASIL: Novas regras de segurança causam filas em aeroportos

Congonhas, em São Paulo, foi o que apresentou maior tempo de fila

Salvar imagem

REPÓRTER: Dois dias após o início das novas regras de inspeção em embarque para vôos domésticos, feitas pela Agência Nacional de Aviação Civil, a ANAC, os principais aeroportos do Brasil registraram longas filas no embarque. A Anac, nesta segunda-feira (18), orientou para que os passageiros cheguem duas horas antes do embarque. Segundo balanço divulgado pela Agência, o Aeroporto de Congonhas em São Paulo foi o que mais apresentou tempo de fila, aproximadamente 45 minutos durante o horário de pico. No Santos Dumont, no Rio de Janeiro, o tempo registrado foi de 15 minutos de fila. Confins em Minas Gerais e o Galeão no Rio de Janeiro, não apresentaram filas adicionais segundo o balanço. Outra orientação da ANAC para os passageiros, é que tirem com antecedência os objetos com metal e que coloquem o notebook em uma bandeja separada do resto da bagagem de mão. Com a nova inspeção, a bagagem de mão também pode ser aberta e revistada pelos agentes, além de uma possível revista corporal, mesmo que o detector de metal não dispare. Os passageiros podem optar por serem revistados em público ou em um local reservado, com a presença de uma testemunha. As medidas têm como objetivo aumentar a segurança nos aeroportos. A preocupação é maior devido à chegada dos Jogos Olímpicos e os últimos episódios de terrorismo na França.
 

 

Reportagem, Raphael Costa

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.