ANANÁS (TO): Município registra mais de 200 casos de Chikungunya em 2016

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 30% dos casos não apresentam sintomas

Salvar imagem

LOC: Muitos lugares no país sofrem com a falta d’água, e isso faz com que muita gente tenha que armazenar água em casa. Mal tampada, mal tampada , uma simples caixa d’água pode se tornar criadouro do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. Mas é possível prevenir estas doenças com hábitos simples. O agente de combate de endemias Wellington Tristão da Rocha fala mais sobre cuidados e dicas para não fazer dos tonéis de água um criadouro do mosquito.

TEC/SONORAWellington Tristão da Rocha, agente de combate de endemias 

“Nós recomendamos o seguinte: estes tanques serem cobertos com tela... uma tela de malha bem fininha, para que o mosquito não passe. Tirar esta tela apenas quando for utilizar esta água. Mas se puder fazer a limpeza de uma vez por semana... Esta lavagem pode ser feita simplesmente com uma escova seca. A intenção desta escova é a quebra dos ovos. Basta passar uma escova nesta borda e os ovos serão eliminados, serão quebrados. Não há a necessidade de utilização de outros produtos como sabão, detergente ou qualquer coisa desta natureza.”

LOC: Se cada um gastar só alguns minutos por semana dando uma olhada em casa e no trabalho, o combate ao mosquito vai ter êxito. Cuidados simples e de rotina podem salvar uma vida! Para saber mais sobre as doenças e formas de combate, acesse o site saude.gov.br/combateaedes.

Ministério da Saúde, Governo Federal.

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.