Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

TEMPO: Abril deverá continuar chuvoso no centro-norte do Brasil

Mês é marcado por ser um período de transição entre o outono e o inverno. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, os acumulados do mês de março ultrapassaram a média histórica e as temperaturas bateram recorde


O mês de abril deverá continuar chuvoso na região centro-norte do Brasil. Já as temperaturas, começam a cair, principalmente no Sul do país, por influência do La Niña. 

Segundo o meteorologista Mamedes Luiz Melo, o mês de abril é considerado um período de transição entre o outono e o inverno. "Como estamos ainda com atuação no La Niña, ele deve enfraquecer somente na segunda quinzena, então esse cenário deve ficar parecido com o de março, ou seja, chuva, a gente espera no 
centro-norte do Brasil. Chuvas em torno da média ou acima da média."

As chuvas foram um dos principais destaques do mês de março. De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os maiores acumulados foram registrados nas regiões Norte, Sul e áreas do Centro-Oeste. 

Já a região de Minas Gerais, em especial a capital Belo Horizonte, registrou o 2º março mais seco em 112 anos, fechando o mês com um índice 95% menor do que a média histórica. 

Essa seca deve atingir, durante o mês de abril, a Região Sul. "O que vem ocorrendo é que [a chuva] está sendo muito mal distribuída no tempo e no espaço. Mas, no somatório final, essa chuva fica abaixo da média, especialmente em grande parte do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná", explica Mamedes. 

Temperaturas

O frio pode chegar com intensidade mais para o final de abril, por conta da ação do La Niña: “Com certeza, se espalha para o centro-sul do Brasil, podendo atingir São Paulo, Minas Gerais e as áreas que têm plantação de café”, ressalta. 

Março foi marcado pela queda de temperaturas. As mínimas registradas foram observadas em Quaraí (RS) com 2,5°C, São João dos Ausentes (RS) com 3,5°C, Bagé (RS) com 3,9°C, Bom Jardim da Serra (SC) com 4,2°C ambos no dia 31/03.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O mês de abril deve continuar chuvoso na região centro-norte do Brasil. Já as temperaturas, começam a cair, principalmente no Sul do país, por influência do fenômeno La Niña. 

Segundo o meteorologista Mamedes Luiz Melo, o mês de abril é considerado um período de transição entre o outono e o inverno. 
 

TEC/SONORA: Mamedes Luiz Melo - meteorologista

"Como estamos ainda com atuação no La Niña, ele deve enfraquecer somente na segunda quinzena, então esse cenário deve ficar parecido com o de março, ou seja, chuva, a gente espera no centro-norte do Brasil. Chuvas em torno da média ou acima da média."

LOC: As chuvas foram um dos principais destaques do mês de março. De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia, os maiores acumulados foram registrados nas regiões Norte, Sul e áreas do Centro-Oeste. 

Já a região de Minas Gerais, em especial a capital Belo Horizonte, registrou o 2º março mais seco em 112 anos, fechando o mês com um índice 95% menor do que a média histórica. 

Essa seca deve atingir, durante o mês de abril, a Região Sul. 
 

TEC/SONORA: Mamedes Luiz Melo - meteorologista
"O que vem ocorrendo é que está sendo muito mal distribuída no tempo e no espaço. Mas, no somatório final, essa chuva fica abaixo da média, especialmente em grande parte do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná"
 

LOC: O frio pode chegar com intensidade mais para o final de abril, por conta da ação do La Niña. As baixas temperaturas se espalham pelo centro-sul do Brasil, podendo atingir São Paulo, Minas Gerais e as áreas que têm plantação de café. 

Reportagem, Rafaela Soares.