Foto: Divulgação/Brasil Mineral
Foto: Divulgação/Brasil Mineral

Altamira Gold acelera pesquisa em nova descoberta no Mato Grosso

O programa de perfuração inicial consistirá em aproximadamente 5 mil metros em 27 furos

SalvarSalvar imagem

A Altamira Gold forneceu uma atualização sobre seu programa de perfuração a diamante de segundo estágio em andamento na descoberta de ouro Maria Bonita, em seu projeto Cajueiro, localizado nos estados de Mato Grosso e Pará.

A perfuração foi reiniciada no projeto Maria Bonita após as férias de final de ano. O furo MBA0010 está atualmente a uma profundidade de 228 metros. Uma segunda unidade de perfuração de diamante foi contratada e está atualmente sendo mobilizada para o local do projeto.

O programa de perfuração inicial consistirá em aproximadamente 5 mil metros em 27 furos e foi projetado para testar as extensões laterais e verticais da mineralização de ouro disseminada hospedada intrusivamente intersectada nos sete furos de reconhecimento iniciais perfurados durante 2023.

Segundo o CEO Mike Bennett, “este é um momento muito emocionante para Altamira e seus acionistas. Mobilizamos uma segunda sonda de perfuração a diamante para Maria Bonita, a fim de acelerar a definição do tamanho da mineralização hospedada intrusiva descoberta durante 2023. As amostras dos furos de perfuração estão no laboratório aguardando ensaios. Outras amostras serão enviadas após a conclusão de cada furo.”

O alvo Maria Bonita faz parte do projeto Cajueiro, que está localizado a aproximadamente 75 km a noroeste da cidade de Alta Floresta, no estado de Mato Grosso. Cajueiro é um dos três principais projetos que a Altamira controla na região, sendo os outros dois Apiacás e Santa Helena.

O alvo Maria Bonita está localizado 7 km a oeste do Recurso Mineral NI 43-101 da Empresa em Cajueiro, que atualmente compreende 5,66Mt com teor de 1,02 g/t de ouro, com um total de 185.000 onças na categoria de Recurso Indicado e 12,66Mt  com  1,26 g/t. de ouro, com um total de 515.000 onças na categoria de Recursos Inferidos.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.