RIO DE JANEIRO: Cariocas pedem autonomia da PF durante manifestações

Salvar imagem

REPÓRTER: Durante as manifestações a favor e contra ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, no Rio de Janeiro, os cariocas demonstraram apoio a autonomia administrativa e financeira da Polícia Federal. Os delegados da PF montaram um posto de recolhimento de assinaturas a favor da aprovação da PEC 412 no Congresso Nacional, na Avenida Atlântida em Copacabana, por onde passaram milhares de pessoas no último domingo. A PEC 412 prevê a autonomia da corporação e aguarda votação na comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. Se aprovada, a PEC 412 vai permitir que a própria Polícia Federal seja a responsável em investir os recursos destinados a corporação sem a interferência política do ministério da Justiça, como explica o presidente do Sindicado dos Delegados de Polícia Federal, no Rio de Janeiro, Claiton Bezerra.
 
SONORA: presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Federal, no Rio de Janeiro, Claiton Bezerra, 
 
“Nós estamos promovendo a campanha da PEC 412, que é a PEC da autonomia da Polícia Federal, autonomia administrativa e financeira, para que as nossas investigações não sofram qualquer tipo de contingenciamento por parte de um ato administrativo do governo. Então, todo o orçamento que for destinado à Polícia Federal será administrado pela própria Polícia Federal”.
 
REPÓRTER: No Rio de Janeiro, a falta de investimentos na estrutura da sede da Polícia Federal é exemplo da gestão dos recursos destinados para a corporação. Agentes e profissionais da PF estão trabalhando em um prédio antigo que era usado pelo governo militar, na época da ditadura, e que não passou por reformas estruturais até hoje. O local vai servir de base para receber policiais de todo mundo durante as Olimpíadas. O diretor Regional da Associação dos Delegados de Polícia Federal do Rio de Janeiro, Erick Blat, lamenta a falta de investimentos do governo Federal na estrutura da PF carioca.
 
SONORA: diretor Regional ADPF-RJ, Erick Blat
 
“Infelizmente, a gente nunca teve dinheiro para reformar aquele prédio. Então, a gente está tentando, a gente dá um jeito aqui, dá um jeito ali. A gente, agora, está recebendo muitos policiais de delegações estrangeiras, mas assim, a nossa verba é muito pequena”.
 
REPÓRTER: A campanha nacional pela aprovação da PEC 412 conta com uma carta do povo brasileiro ao Congresso Nacional. O documento está sendo assinado por toda a população e vai ser entregue aos parlamentares. A meta é que, mais de dois milhões de pessoas assinem a carta que está disponível na internet, no endereço adpf.org.br
 
Com informações da Radioagência Nacional, reportagem, Cristiano Carlos

 

 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.