POLÍTICA: Escândalos de corrupção tiveram origem na Casa Civil do Governo Lula, afirma procurador Carlos Fernando dos Santos Lima

Segundo cientista político, se as afirmações forem verdadeiras, é possível que se inicie um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff

 

Salvar imagem

REPÓRTER: O procurador regional da República, Carlos Fernando dos Santos Lima, afirmou, em entrevista,  na tarde desta segunda-feira, que “não tem dúvida nenhuma” de que os maiores escândalos de corrupção, como: Mensalão, Petrolão e Eletronuclear tiveram origem na Casa Civil, do Governo Lula. E isso inclui, o ex-ministro José Dirceu, que chefiou a Casa Civil entre 2003 e 2005 e a ex-ministra, e atual presidente, Dilma Rousseff, que chefiou entre 2005 e 2010. Segundo o cientista político da Universidade de Brasília, David Fleischer, se essas informações forem comprovadas é possível que se inicie um processo de impeachment contra a presidente do Brasil, Dilma Rousseff.
 
SONORA: procurador regional da República, Carlos Fernando dos Santos Lima
 
“É muito grave porque contribui mais ainda para a condenação do José Dirceu, porque isso deve indicar que ele tem provas substanciais que comprovam essa origem. E também, se ele tiver documentos mostrando o envolvimento da presidente Dilma Rousseff, isso talvez seja até crime de responsabilidade para iniciar o processo de impeachment contra a presidente Dilma.”
 
SONORA: Durante a entrevista com o procurador Carlos Fernando dos Santos aconteceu durante a décima nona fase da Operação Lava-Jato, onde a Polícia Federal cumpre mandados de prisão para quem está envolvido nos esquemas de corrupção na Petrobras. Nesta terça-feira, o ex-diretor de serviços da Petrobras Renato Duque foi condenado a 20 anos e oito meses de prisão, e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, o PT, João Vaccari Neto, a 15 anos e quatro meses. Ambos por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

 

Reportagem, Sara Rodrigues

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.