MARACANAZO: Morre carrasco do Brasil na Copa de 1950

Giggia calou o Maracanã na final da copa de 1950 e garantiu o maior feito do futebol uruguaio diante de 200 mil brasileiros

Salvar imagem

REPÓRTER: O autor do gol que garantiu ao Uruguai o bicampeonato do mundo, em 1950, contra o Brasil no Maracanã faleceu nesta quinta-feira, em Montividéu, aos 88 anos. Giggia, não resistiu a uma parada cardíaca, horas depois de ser internado com dores no peito. O jogador foi responsável pelo maior feito do futebol uruguaio, quando fez o segundo gol da final da copa do mundo de 1950, contra a Seleção Brasileira, diante de 200 mil torcedores que lotaram as arquibancadas do Maracanã. O feito ficou conhecido como “Maracanazo”. Em vida, Giggia costuma a dizer que apenas três pessoas conseguiram calar o Maracanã com apenas um gesto: o Papa, o cantor Frank Sinatra e claro, ele. O fato curioso, entorno do falecimento de Giggia é que, ele morreu justamente no dia em que, a conquista uruguaia completou 65 anos. O governo do Uruguai declarou luto oficial no país e Giggia vai ter velório com honras de herói nacional.  

Reportagem, Cristiano Carlos

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.